As Termas de Caracalla, em Roma

Itália, Roma 0

Um dos costumes mais apreciados pelo povo romano era frequentar os banhos públicos, as famosas termas. O banho era uma atividade social para os romanos, tornando a terma um importante local de interação. As termas eram também fruto da avançada tecnologia romana, pois só com a criação dos sistemas de aquedutos que abasteciam as cidades as termas puderam se tornar realidade. Várias termas foram construídas dentro do império. No século III d.C., o Imperador Caracalla finalizou a construção daquela que seria uma das maiores e mais famosas termas de todo o Império Romano. Vamos conhecer as Termas de Caracalla?

Cadastre seu e-mail e baixe nosso E-Book gratuito

 

Crédito: Marie-Lan Nyguyen (CC BY 2.5), Commons.Wikimedia.

Filho do Imperador Septímio Severo, Caracalla governou o Império Romano por pouco tempo, entre 211 d.C., após eliminar a concorrência de seu irmão Geta e seus simpatizantes, e 217 d.C., quando foi assassinado por seus próprios soldados.  A imagem que nos chegou dele não é das melhores. Era considerado violento e ambicioso, e a maioria dos autores antigos o colocou no rol dos piores imperadores. Sua relação com o Senado nunca foi muito amistosa, o que o obrigou a buscar apoio no exército para manter-se no poder.

Ruínas das Termas de Caracalla, um dos maiores banhos públicos da Rom Antiga.

Uma outra forma de buscar o apoio da população e demonstrar poder era construir um monumento. As obras públicas na Roma Antiga eram, em muitos casos, uma espécie de propaganda. Construir um grande monumento era um dos meios pela qual o imperador mostrava seu poder e deixava seu nome marcado na memória coletiva da cidade. Seguindo o exemplo de Severo, Caracalla promoveu a construção de vários monumentos públicos, além de finalizar a construção das monumentais termas iniciadas por seu pai. Caracalla fez do local uma espécie de palácio pessoal, onde sua divindade preferida, Hércules, era fortemente exaltada. Várias estátuas do semideus grego foram encontradas lá, entre elas o famoso Hércules Farnese, em exibição no Museu Nacional Arqueológico de Nápoles.

Hércules Farnese, encontrado nas Termas de Caracalla, atualmente em exposição no Museu Arqueológico de Nápoles.

As Termas de Caracalla eram um enorme complexo com mais de 337 metros de comprimento e abastecidas pelo Aqcua Antoniana, um aqueduto conectado ao Aqcua Cláudia, um dos principais aquedutos da cidade. O complexo, ricamente decorado com mosaicos e pinturas, além de várias estátuas e peças de mármore, era dividido em várias salas com funções diferentes, tais como: apodyterium (vestiário), tepidárium (banhos mornos), caldarium (banhos quentes), frigidarium (banhos frios), sudatorium (uma espécie de sauna). Contava também com espaço para massagem, biblioteca e área de descanso.

Mosaicos originais das Termas de Caracalla, um dos maiores banhos públicos da Roma Antiga.

Várias reformas foram feitas por outros imperadores, o que ajudou na popularização do local. O edifício funcionou até 537 quando Vitige, rei dos Godos, durante as guerras contra o imperador bizantino Justiniano, que buscava reconquistar a Itália, destruiu vários aquedutos na cidade, interrompendo o fornecimento de água que abastecia a terma. Em seu auge, as Termas de Caracalla tinham capacidade para até 1.500 pessoas.

Ruínas das Termas de Caracalla, em Roma.

TERMAS DE CARACALLA

Vialle dele Terme di Caracalla, 52, Estação Circo Mássimo (Linha B do metrô).

Horários: todos os dias a partir das 09:00. Os horários de fechamento mudam conforme a época, consulte os horários aqui.

Preço: 6 euros

Site Oficial

Para ler mais sobre Roma, clique aqui.


IMPORTANTE: Preços e horários podem mudar sem aviso prévio. Consulte SEMPRE os sites oficiais para não ter surpresas em sua viagem.

Acompanhe o blog também no Facebook, Twitter e Instagram.

Baixe nosso e-book gratuito.


Vai viajar para a Roma? Aqui no blog temos parcerias que podem facilitar o planejamento de sua viagem. As empresas com as quais trabalhamos são: DECOLAR.COM (passagens aéreas), BOOKING.COM (reserva de hotéis) MONDIAL SEGUROS (seguro viagem), RENTAL CARS (locação de veículos). Todas essas empresas são amplamente conhecidas em suas áreas de atuação, sendo utilizadas por viajantes de todo o mundo. Ao adquirir qualquer serviço oferecido por essas empresas através de algum link disponibilizado no blog, nós ganhamos uma pequena comissão, e VOCÊ NÃO PAGA TAXAS ADICIONAIS por isso, pois a comissão sairá do lucro da empresa. É uma forma de ajudar a manter o blog, assim podemos continuar escrevendo conteúdos e dando dicas de viagens. 

    Umberto Oliveira

    Umberto Oliveira

    Olá, eu sou o Umberto. Historiador de formação, viajante por opção. Resolvi criar um blog para juntar essas duas paixões e compartilhar um pouco das minhas experiências. Preparados para viajar na história?

    continue viajando na história

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *