Paris, século IX. Na calada da noite, vários barcos ancoram às margens do rio Sena. Vários homens desembarcam com longos machados nas mãos, prontos para eliminar quem se interpor em seu caminho. Vindos das geladas terras da Escandinávia, esses malvados guerreiros conhecidos como “Vikings” vêm tocando o terror em terras francesas. Eles aprenderam que, navegando pelo Sena, encontrarão inúmeras cidades e vilarejos prósperos, e com praticamente nenhuma defesa, um alvo fácil para esses corajosos guerreiros. Isso porque os Francos, os senhores da região, estão sempre em guerra, e por isso não dispõem de recursos para combater os invasores. Essa cena, Paris sendo atacada pelo rio Sena, se repetiu, do século IX ao século XII, várias vezes. Foi quando o rei Felipe Augusto, disposto a dar um basta nessa situação, resolveu fazer uma série de reformas para aumentar a segurança da cidade. Uma antiga fortaleza franca (Loewer no idioma Franco antigo) é ampliada, e uma nova muralha é construída. A fortaleza se tornará castelo, o castelo se tornará palácio, e o palácio se tornará museu.

[…]

Situado em um Palácio do século XVII que serviu como sede da Universidade de Nápoles, o Museu Arqueológico Nacional de Nápoles é um dos principais museus da Itália, e referência quando se trata de arqueologia. Possui um enorme acervo, com destaque para a Coleção Farnese, e é parada obrigatória para quem passa pela cidade.

[…]

Vulcões são considerados pelos estudiosos como uma das forças naturais mais devastadoras. Uma vez iniciada uma erupção, nada pode impedir a destruição causada por ela. Há quase dois mil anos atrás, uma erupção no sul da Itália entrou para a história ao riscar uma cidade do mapa. Mas a mesma erupção que a destruiu também a conservou, congelando-a no tempo. Prontos para viajar ao século I?

[…]

Vista do Fórum romano, em Roma.

O Fórum era o centro do poder romano. Bem no centro da Roma Antiga, esse pequeno vale, entre as colinas do Palatino e do Capitólio, guarda os vestígios de uma poderosa civilização que marcou o mundo em que vivemos. As questões políticas, econômicas, religiosas e administrativas eram resolvidas ali. Cada pedra do fórum conta uma história, e as decisões que foram tomadas ali afetaram – e continuam afetando – a vida de milhões de pessoas.

[…]

Roma é conhecida como a “cidade eterna”, e sua história está ligada às suas sete colinas. Foi em uma dessas colinas, a do Palatino, que a história de Roma começou. Lá estão os vestígios mais antigos da cidade romana, um lugar onde mito e realidade se confundem, e um passeio obrigatório para quem quer conhecer a história de Roma.

[…]

Vista interna do Coliseu

Poucos monumentos causam tanta admiração quanto o Coliseu, uma maravilha do ponto de vista arquitetônico, que mostra o avanço dos romanos nessa área. Esse gigante de quase dois mil anos tem muita história pra contar. Se essas pedras pudessem falar, teríamos um relato detalhado dos combates, do modo de vida romano, da ascensão do Cristianismo. Testemunhos de uma civilização que deixou marcas, ainda presentes, no mundo.

[…]

Embora tenha feito parte do Império romano por mais de cinco séculos, Paris não possui muitos vestígios romanos. A maior parte das construções romanas não resistiu ao rigor do tempo, ou às depredações e reutilizações. Um dos poucos vestígios remanescentes pode ser encontrado na margem esquerda do Sena, no 5eme Arrondissement (uma espécie de divisão administrativa, como um distrito).

[…]